BrasilNegóciosTodos

Ações do Santander sobem após queda de 41% no lucro do 2º trimestre

As ações do Santander (SANB11) subiram após a companhia divulgar queda de 41% em sua lucro do 2º trimestre do ano, com R$ 2,1 bilhões. Os papéis fecharam em alta de 3,51%, a R$ 30,96. O lucro líquido recorrente do Santander somou R$ 2,1 bilhões no segundo trimestre, queda de 41,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, praticamente em linha com a média das expectativas compiladas pela Refinitv, de R$ 2,2 bilhões.

O total de provisões para perdas com operações de crédito mais que dobrou em relação ao mesmo período do ano anterior, para R$ 6,5 bilhões. Ainda assim, a carteira de empréstimos do banco cresceu 1,2% no trimestre, impulsionada por empresas de todos os portes. O estoque de crédito para pessoas físicas encolheu.

O Santander da Espanha registrou um prejuízo líquido recorde de 11,1 bilhões de euros (13 bilhões de dólares) no segundo trimestre, sofrendo o maior impacto registrado até o momento por um banco europeu em meio à crise desencadeada pela pandemia do novo coronavírus.

O segundo maior banco da zona do euro em valor de mercado informou nesta quarta-feira que havia registrado efeitos extraordinários no valor de 12,6 bilhões de euros, com a deterioração econômica causada pelo Covid-19 forçando-o a cancelar aquisições anteriores, principalmente na Europa.

Os principais mercados do Santander, que abrangem o Brasil e a Espanha, foram alguns dos mais afetados pela pandemia, com moedas emergentes mais fracas do mercado piorando os números. (Money Times)

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here