BrasilPolíticaTodos

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro decide abrir processo de impeachment contra governador Wilson Witzel

O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, o deputado petista André Ceciliano, decidiu acatar nesta semana um dos 11 pedidos de impeachment protocolados contra o governador Wilson Witzel. Aberto o processo, André Ceciliano terá de criar uma comissão formada por integrantes dos 29 partidos que têm representantes na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

O governador será ouvido nas investigações. Depois disso, a comissão formulará um relatório, que será submetido ao plenário da Assembleia. Se 36 dos 70 deputados aprovarem o documento, Witzel é afastado provisoriamente, e uma nova fase começa: uma comissão de cinco deputados e cinco desembargadores, chefiada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, julgará o governador e decidirá sobre impedi-lo ou não. Alvo da Operação Placebo da Polícia Federal no final de maio, Witzel tem uma base frágil na Assembléia Legislativa: seu partido, o PSC, tem só 4 dos 70 deputados estaduais.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here