EconomiaMundoSaúde e MedicinaTodos

Banco Central da Nova Zelândia reduz juros de 1,00% para 0,25% em reunião extraordinária

O Banco Central da Nova Zelândia reduziu os juros básicos de 1,0% para 0,25%, em reunião extraordinária, neste domingo e informou que vai manter a taxa nesses níveis por ao menos 12 meses. As implicações econômicas negativas do coronavírus foram citadas como justificativa para mais estímulos monetários. O Banco Central neozelandês também informou que, se for necessário um estímulo adicional à economia, seria preferível um programa de compra de ativos de larga escala a reduções adicionais de juros. “O governo está operando uma política fiscal expansionista e tem intenções iminentes de aumentar seu apoio com um pacote para fornecer estímulos econômicos direcionados e amplos”, afirmou a instituição em comunicado. A instituição informou ainda que o sistema financeiro da Nova Zelândia permanece sólido e que o setor está bem capitalizado e líquido.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here