BrasilEconomiaPolíticaTodos

Bolsonaro reúne nesta terça-feira no Palácio da Alvorada os líderes partidários para oficializar prorrogação do auxílio

O presidente Jair Bolsonaro vai promover nesta terça-feira pela manhã, no Palácio da Alvorada, uma reunião com líderes partidários para oficializar a prorrogação até o final do ano do auxílio emergencial pago a vulneráveis e trabalhadores informais devido à pandemia de coronavírus. Bolsonaro convocou os parlamentares para o encontro às 8 horas. A grande discussão sobre a prorrogação do benefício refere-se ao valor – atualmente ele está em 600 reais por mês. O novo valor da prorrogação deverá girar em torno de 300 reais, mas ainda não está definido.

No sábado, o deputado Arthur Lira (PP-AL), líder de um grande bloco parlamentar na Câmara e um dos principais líderes do chamado centrão, disse no Twitter que Bolsonaro anunciará oficialmente na terça-feira a prorrogação do auxílio. Bolsonaro já confirmou que o auxílio será renovado até o final do ano, mas uma cerimônia para a oficialização prevista para terça passada foi adiada após o presidente ter rejeitado proposta apresentada pelo Ministério da Economia para o programa Renda Brasil, que irá substituir o Bolsa Família e cujo lançamento ocorreria no mesmo dia. Também ainda não está definido o valor das futuras parcelas do auxílio.

Já está certo que o benefício não será mantido nos atuais 600 reais mensais devido ao elevado impacto financeiro (50 bilhões de reais por mês), mas Bolsonaro disse que considera os 200 reais propostos pelo Ministério da Economia insuficientes. O pagamento do auxílio tem sido fundamental para manter a atividade econômica em meio à pandemia, além de ter ajudado, conforme pesquisas de opinião, a alavancar a popularidade do presidente. (Money Times)

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here