Direitos HumanosMundoTodos

China solta professor de Direito que ousou criticar o regime comunista por sua posição sobre o Covid-19

O professor de Direito Xu Zhangrun, um dos maiores críticos do regime comunista na China, foi solto na manhã deste domingo após seis dias de detenção. Ele foi preso na última segunda-feira após criticar o líder chinês Xi Jinping pela gestão da crise da epidemia de Covid-19.

O professor de Direito da Universidade de Tsinghua, uma das mais importantes da China, já havia criticado o regime em diversas ocasiões. Em 2018, por exemplo, repudiou o fim do limite para mandatos presidenciais sucessivos.

Oficialmente, as autoridades chinesas dizem que o professor era acusado de ter contratado garotas de programa durante uma viagem. Os regimes comunistas sempre tratam de desmoralizar os seus presos políticos. O genocida regime de Stalin na antiga União Soviética ridicularizava seus oponentes bolcheviques em pleno julgamento, retirando os cintos de suas calças, para que eles tivessem que ficar segurando-as, em situação deplorável. A esse nível descem os canalhas comunistas esquerdistas.

Compartilhe nas redes sociais:

Comments (1)

  1. Não explicou como esse professor conseguiu a soltura.

Comment here