BrasilPolíticaTodos

Colunista da Folha, ex-diretor de redação do jornal esquerdopata, aconselha vender a Amazônia para os Estados Unidos

O colunista Hélio Schwartsman, da Folha de S. Paulo, que se notabiliza todos os dias como liderança dos perfeitos idiotas latinoamericanos, lançou, nesta sexta-feira uma ideia estapafúrdia: a de que o Brasil venda a floresta amazônica para os gringos. “Ao contrário do presidente Bolsonaro, acho que seria uma boa idéia vender a Amazônia para os gringos”, diz ele em sua coluna.

Leia o que ele argumenta: “Vamos supor que alguma nação rica, ou, melhor ainda, um consórcio internacional, ofereça uma enorme bolada pelo território. Vamos supor ainda que a população amazônida teria assegurada uma enxurrada de investimentos em programas de desenvolvimento sustentável, além de direito ao passaporte do país adquirente. Imaginemos, por fim, que o comprador se comprometeria a preservar integralmente a mata e a biodiversidade local”, prossegue em seu raciocínio. “Sob essas condições, por que não vender a Amazônia? “Parece bem melhor do que aquilo que o governo está trazendo hoje à região, que são destruição ambiental, riscos sociais e sanitários para as populações mais vulneráveis e má fama internacional”, afirmou Schwartsman.

Este camarada é o mesmo que escreveu artigo e o publicou na Folha desejando a morte do presidente Jair Bolsonaro. Foi quase como um convite à manifestação de novos Adélios Bispo de Oliveira, um seguidor do PSOL.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here