BrasilMundoTodos

Construtora mineira BRZ entra com pedido de IPO na B3 e CVM

A construtora mineira BRZ Empreendimentos protocolou um pedido para realizar uma oferta inicial de ações (IPO) junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e à B3. A operação será primária, com os recursos indo para o caixa da empresa, e secundária, cujos recursos irão para os acionistas vendedores: Ávida Participações e Empreendimentos, JME Participações e Eduarda de Campos Tolentino.

A empresa pretende utilizar os recursos captados com investimento em novos projetos, antecipação estratégica de permutas com donos de terrenos, redução do endividamento para adequação da sua estrutura de capital, investimentos em tecnologia e incremento da posição de caixa e reforço da liquidez.

O Bank of America Merrill Lynch é o banco coordenador da oferta. UBS, XP e Caixa Econômica Federal também atuam na colocação das ações no mercado. A BRZ atua nos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, com empreendimentos distribuídos por 18 cidades.

O foco está na incorporação e construção de empreendimentos residenciais voltados para atender às demandas de habitação econômica do Programa Minha Casa Minha Vida e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

O público-alvo compreende famílias enquadradas nas faixas 1,5, 2 e 3 do PMCMV, ou seja, famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00, R$ 2.600,00 e R$ 7.000,00 bem como clientes com renda média mensal de, no mínimo, R$ 5.000,00 que buscam financiamento por meio do SBPE.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here