MundoNegóciosSaúde e Medicina

Donald Trump anuncia corte de relações dos Estados Unidos com a China

O presidente norte-americano, Donald Trump, que tem colocando a culpa da pandemia de coronavirus na China, anunciou que cortará todas as relações com o país asiático. A decisão deve ter grandes repercussões no Brasil. Nesta semana, o governo Trump cortou os laços de investimento entre fundos federais de aposentadoria em ações de empresas chinesas, chamando o envolvimento dos Estados Unidos nessas ações chinesas de um risco à segurança nacional. “Estou muito decepcionado com a China”, disse Trump durante uma entrevista à Fox Business Network.

Sobre a oferta de assistência dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças à cidade de Wuhan, na China, em fevereiro de 2020, Trump disse que “eles não queriam nossa ajuda. E achei que tudo bem, porque eles deviam saber o que estavam fazendo. Era estupidez, incompetência ou deliberação”. O presidente americano foi perguntado sobre qual seria o relacionamento com os chineses daqui em diante, e então respondeu que os Estados Unidos economizariam muito dinheiro rompendo as relações: “Há muitas coisas que poderíamos fazer. Poderíamos interromper todo o relacionamento. Economizaríamos uns US$ 500 bilhões”. O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, continua insistindo que o coronavírus foi criado propositalmente pelos chineses.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here