MundoTodos

Estados Unidos alertam Iraque para fechamento da embaixada em Bagdá

O governo dos Estados Unidos alertou neste domingo, 27, que está se preparando para fechar a embaixada do país em Bagdá, a menos que o governo iraquiano interrompa a onda de ataques de milícias xiitas, subordinadas ao Irã, contra instalações norte-americanos. O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, fez o alerta em telefonemas recentes ao presidente iraquiano, Barham Salih, e ao primeiro-ministro, Mustafa al-Kadhimi.

O embaixador dos Estados Unidos no Iraque, Matthew Tueller, disse ao ministro das Relações Exteriores do Iraque, Fuad Hussein, que a decisão política é do presidente Trump e que os dois países entraram em uma nova era em suas relações, acrescentou. Duas autoridades iraquianas disseram que os Estados Unidos informaram às autoridades iraquianas que estão começando a tomar medidas preliminares para fechar a embaixada nos próximos meses, mantendo seu consulado em Erbil, capital da região curda do Iraque. “O que nos dizem é que se trata de um fechamento gradual da embaixada em dois a três meses”, disse uma autoridade iraquiana, que acrescentou que isso pode ser acompanhado pela retirada das tropas americanas do país.

Essa retirada gradual daria a Washington tempo para reverter o movimento caso as autoridades iraquianas tomem medidas decisivas para proteger as instalações dos Estados Unidos, acrescentou o funcionário iraquiano, apesar dos riscos de elevar as tensões com o Irã e as milícias iraquianas apoiadas pela terrorista república islâmica comandada pelos aiotolás totalitários.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here