MundoNegóciosTodos

FAA declara que Boeing 737 MAX pode ser vulnerável a raios e interferência de rádio

Conforme informações da Administração Federal de Aviação (FAA), o avião Boeing 737 MAX — cuja operação de vôos está suspensa desde março do ano passado, após dois acidentes que mataram 346 pessoas — pode ter um componente que o torna vulnerável a raios e interferência por frequências de rádio.

De acordo com o órgão, todas as companhias aéreas devem realizar uma rigorosa inspeção nesse componente antes de a aeronave voltar a operar. Em um comunicado divulgado hoje, a Boeing disse concordar com a recomendação da FAA. Em dezembro, a empresa já havia constatado o defeito nos aviões fabricados entre fevereiro de 2018 e junho de 2019. O certificado para a retomada das operações do 737 MAX só deve sair depois do mês de abril.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here