AgronegócioBrasilTodos

Governo americano prevê que Brasil terá uma safra recorde de soja

O Brasil deverá colher uma safra recorde de 124,5 milhões de toneladas de soja em 2019/20, disse nesta quarta-feira o adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), em relatório, elevando sua previsão para a temporada. A estimativa é superior a do próprio USDA, que prevê produção de 123,5 milhões de toneladas da oleaginosa no país – mesmo número projetado anteriormente pelo adido, conforme relatório de janeiro.

“O adido elevou a estimativa de produção em 1 milhão de toneladas com base em rendimentos melhores que o inicialmente esperado em Mato Grosso, e expectativas melhores para a produção no Rio Grande do Sul e no Nordeste“, disse o relatório. O Estado sulista e o Matopiba –região que compreende Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia– sofreram com o mau tempo no início desta temporada, admitiu o adido, mas um aumento nos níveis de precipitação entre janeiro e fevereiro pode melhorar as produtividades médias nas áreas.

“Em geral, o adido acredita que a estimativa pode ser revisada para cima se o clima continuar cooperando”, acrescentou. O relatório trouxe também um leve aumento à previsão para a área plantada com a oleaginosa no País, chegando a 36,9 milhões de hectares, tomando como base “ganhos marginais em diversos Estados”.

O representante do USDA estimou ainda exportações de 75 milhões de toneladas de soja em 2019/20, número estável em relação ao de janeiro, embora acredite que o Brasil deva perder uma porção de sua fatia de exportações à China após a assinatura da Fase 1 do acordo comercial entre Washington e Pequim.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here