BrasilSaúde e MedicinaTodos

Governo Bolsonaro diz que não tem dinheiro para a comunista Opas

O governo brasileiro deve duas parcelas, de US$ 12 milhões cada, para a comunista Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). Os repasses se referem aos anos de 2019 e 2020. Segundo o Ministério da Economia, que centraliza os pagamentos a organismos internacionais, a razão do não pagamento é a falta de dinheiro em caixa. “A situação orçamentária atual é de insuficiência de recursos alocados pela Lei Orçamentária Anual para honrar tais compromissos, o que não afeta apenas a Opas, mas sim todo o conjunto de mais de uma centena de organismos internacionais”, diz a pasta em nota. O valor disponível no orçamento atualmente para pagar a Opas não chega a R$ 1 milhão. Segundo o Ministério, o restante do pagamento só poderá ser feito após aprovação de um projeto de lei pelo Congresso Nacional.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here