BrasilEconomiaTodos

Governo Bolsonaro reafirma compromissos com o desinchaço da máquina pública e acusa STF por dificuldades para privatizar

O presidente Jair Bolsonaro usou sua rede social, hoje, para reafirmar que o norte do seu governo “continua sendo a responsabilidade fiscal e o teto de gastos. Também afirmou que “o Estado está inchado e deve se desfazer de suas empresas deficitárias”. Ele reagiu aos pedidos de demissões dos secretários especiais Salim Mattar (Desestatizaçaõ) e Paulo Uebel (Desburocratização).

E denunciou obstáculos criados pelo STF: “O STF decidiu, em 2019, que as privatizações das empresas “mães” devem passar pelo crivo do Congresso”. Sobre a saída de integrantes da equipe de Paulo Guedes no Ministério da Economia, o presidente afirmou: “Em todo o governo, pelo elevado nível de competência de seus quadros, é normal a saída de alguns para algo que melhor atenda suas justas ambições pessoais. Todos os que nos deixam, voluntariamente, vão para uma outra atividade muito melhor”.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here