BrasilNegóciosTodos

Hering encerra 2º trimestre com lucro 211,8% maior

A Hering terminou o segundo trimestre de 2020 com lucro líquido de R$ 126,8 milhões, o que representa uma alta de 211,8% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o balanço divulgado pela companhia nesta quinta-feira (13). Segundo a empresa, o desempenho pode ser explicado pelo aumento do resultado financeiro líquido, impactado pela atualização dos créditos de PIS/Cofins no valor de R$ 110,1 milhões.

A receita líquida contraiu 67%, caindo de R$ 359,9 milhões para R$ 118,8 milhões. O Ebitda, representando o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, avançou 59%, para R$ 73,3 milhões. O SSS, que considera todas as lojas da rede abertas e fechadas no trimestre mais as vendas do e-commerce, recuou 71,1 pontos percentuais e fechou em -69,4%.

O indicador foi impactado pelo fechamento das lojas físicas, embora a maior atuação do e-commerce tenha compensado parcialmente o baque. “As lojas operadas pela companhia totalizaram R$ 11,6 milhões de receita. Por outro lado, as vendas via webstore destacaram-se com crescimento de 165% frente o segundo trimestre de 2019, totalizando R$ 40 milhões de faturamento”, disse a Hering. A companhia está confiante com a operação de e-commerce e espera que o segmento mantenha patamares elevados mesmo com a retomada das lojas físicas. (Money Times)

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here