BrasilNegóciosTodos

IBGE aponta queda no número de empresas impactadas pela crise do coronavirus

O IBGE afirmou nesta terça-feira que quase 45% das 2,8 milhões de empresas em funcionamento no Brasil na primeira quinzena de julho disseram que foram impactadas pela pandemia de Covid-19, a maioria de menor porte, uma queda ante levantamento anterior, segundo pesquisa do instituto. Na segunda metade de junho, 62,4% das empresas disseram que foram impactadas pela crise. Segundo o IBGE, a pesquisa envolveu 2.500 empresas do País.

As empresas do setor de Serviços foram as que mais sentiram impactos negativos da Covid-19 (47%), com destaque para serviços prestados às famílias (55,5%). Já no Comércio, 44% relataram efeitos negativos e na Construção, 38%, segundo a pesquisa. No setor industrial, 42,9% das empresas destacaram impacto negativo, enquanto para 33,1% o efeito foi pequeno ou inexistente e para 24,1% o impacto foi positivo.

“Há uma percepção de melhora à medida que o tempo vai passando e as empresas e pessoas se adaptam à nova realidade”, disse o coordenador da pesquisa, Flávio Magheli. “Oito em cada 10 empresas mantiveram quadro de funcionários e as que reduziram, cortaram até 25% do quadro”, acrescentou. Na primeira metade de julho, 47,4% das empresas em funcionamento não tiveram alteração significativa na sua capacidade de fabricar produtos ou atender clientes, mas 41,2% tiveram dificuldades e, 11,3%, facilidades. Além disso, 51,8% das empresas analisadas não perceberam alteração significativa no acesso aos seus fornecedores e 38,6% tiveram dificuldades, segundo a pesquisa. (Money Times)

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here