BrasilMundoTodos

Itamaraty classifica diplomatas de Maduro como personas non gratas no Brasil

O Itamaraty comunicou hoje aos representantes diplomáticos, consulares e administrativos do ditador narcotraficante bolivariano Nicolás Maduro que eles passaram a ser considerados “personas non gratas” no Brasil. Em nota, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que a medida, no entanto, “não equivale à expulsão ou qualquer outra medida de retirada compulsória do território nacional”. O Itamaraty tentou expulsar os representantes de Maduro do Brasil em abril deste ano. Um documento enviado aos venezuelanos determinava a saída de 34 diplomatas e seus familiares “em caráter definitivo” até o dia 2 de maio. A expulsão, no entanto, foi revogada pelo ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. O ministro argumentou que era “ilegítima a retirada compulsória imediata dos pacientes em meio à pandemia”.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here