AgronegócioBrasilEconomiaTodos

Ministério da Agricultura declara Rio Grande do Sul zona livre de aftosa sem vacinação

O Rio Grande do Sul recebeu na noite de terça-feira (11) o reconhecimento do Ministério da Agricultura como zona livre de aftosa sem vacinação. O aval consta em instrução normativa assinada pela titular da pasta, Tereza Cristina. A mesma resolução também estendeu essa condição aos Estados do Paraná, Acre e regiões do Amazonas e Mato Grosso. As determinações do documento entram em vigor a partir de 1º de setembro.

A conquista habilita os gaúchos a fazerem a solicitação da progressão de status sanitário para a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). A previsão é de que o pedido seja feito até a sexta-feira. Com a retirada da vacina, o Estado poderá alcançar 70% dos mercados mundiais disponíveis. Só nos embarques de suínos estima-se que a mudança de status represente acréscimo de receita de R$ 600 milhões ao ano. O acesso a novos mercados no entanto ainda depende da certificação da OIE, que é emitida na assembleia geral realizada no mês de maio. Ou seja, só em 2021.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here