BrasilJustiçaTodos

Morre técnico da Backer, réu no processo contra cervejaria da venenosa cerveja Belorizontina

O responsável técnico da cervejaria Backer, Paulo Luiz Lopes, de 40 anos, morreu vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), no fim de setembro e o nome dele foi retirado, nesta quarta-feira (4), do processo movido contra a empresa por causa da intoxicação por dietilenoglicol na cerveja Belorizontina. A informação foi repassada pelo advogado dele, Fábio Presoti, que contou que Lopes ficou internado por uma semana, entrou em coma e não resistiu. “Não há como provar que o AVC tenha a ver com o processo contra a Backer, mas pode ter ligação”, afirma o advogado.

Paulo Luiz Lopes estava respondendo por homicídio culposo e lesão corporal culposa, fabricação, venda ou expor à venda substância alimentícia ou produto falsificado, corrompido ou adulterado. Além dele, outras 11 pessoas foram denunciadas por causa da intoxicação por dietilenoglicol causada pela cerveja. O processo continua na Justiça com os outros 10 denunciados. Das 29 vítimas do caso Backer, 11 já comprovaram despesas e obtiveram liberação de valores, de acordo com a Justiça.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here