BrasilJustiçaTodos

MPF denuncia secretário de João Doria por crimes de corrupção, peculato, fraude e organização criminosa

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro denunciou nesta terça-feira o secretário licenciado de Transportes Metropolitanos do governo João Doria, em São Paulo, Alexandre Baldy, e mais dez pessoas, pelos crimes de corrupção, peculato, fraude a licitações e organização criminosa. Segundo o Ministério Público, Alexandre Baldy e seu primo Rodrigo Sérgio Dias iniciaram suas participações nas práticas criminosas com a intermediação da liberação de pagamentos para a Organização Social Pró-Saúde por serviços de gestão de um hospital em Goiás e se utilizaram “da influência do primeiro, que era Secretário de Comércio do Estado de Goiás, para que os valores fossem repassados à Organização Social”.

O Ministério Público diz ter também registros de conversas entre Alexandre Baldy, Dias e um ex-funcionário da Organização Social Pró-Saúde, que agora colabora com as investigações, que “demonstram a interferência prometida e os encontros ocorridos para a entrega do dinheiro”.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here