BrasilJustiçaPolíticaTodos

Paulinho da Força agora é réu em processo por corrupção, lavagem de dinheiro e caixa dois

O juiz Marco Antonio Martin Vargas, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, aceitou nesta quinta-feira, 29, denúncia da Lava Jato Eleitoral contra o deputado federal Paulinho da Força, proprietário do partido Solidariedade, e o genro dele, Cristiano Vilela de Pinho. Os dois responderão pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral (caixa dois), corrupção passiva e lavagem de dinheiro. De acordo com a denúncia, Paulinho recebeu R$ 1,7 milhão de forma ilícita do Grupo J&F, controlador da JBS, nas campanhas de 2010 e 2012.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here