EconomiaMundoTodos

PIB dos Estados Unidos despenca 32,9% no segundo trimestre devido ao coronavirus

O PIB dos Estados Unidos sofreu uma queda histórica de 32,9% no segundo trimestre, em termos anualizados, segundo o Bureau de Estatísticas do Departamento de Comércio americano (equivalente ao IBGE). No primeiro trimestre, a economia americana já havia recuado 5%. No texto divulgado pelo órgão americano, a forte contração da maior economia do mundo é atribuída aos efeitos da pandemia de coronavírus, cujas medidas de isolamento social levaram ao fechamento de atividades não essenciais e a uma forte desaceleração das atividades.

De acordo com o release, o efeito negativo da pandemia foi parcialmente compensado, em maio e junho, pelo pagamento de uma ajuda aos cidadãos em situação de vulnerabilidade. Isso pode ser visto pelo aumento dos gastos do governo no primeiro e segundo trimestres – únicos componentes do PIB que cresceram. Ainda assim, o consumo das famílias recuou 34,6%, em termos anualizados, no segundo trimestre, após uma queda de 6,9% no início do ano.

Os investimentos privados também registraram forte deterioração de 49%, aprofundando o fosso aberto já no primeiro trimestre. O comércio exterior também não ajudou. As exportações despencaram 64% entre abril e junho. O resultado do PIB americano foi visto como o mais importante sinalizador para os investidores nesta quinta-feira e, com certeza, exercerá uma forte pressão sobre os mercados.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here