BrasilPolíciaTodos

Polícia Rodoviária Federal apreende em Minas Gerais 1 tonelada de cocaína em carregamento de luvas cirúrgicas

A Polícia Rodoviária Federal realizou sua maior apreensão de cocaína no ano na madrugada desta segunda-feira(16/03), em Santo Antônio do Amparo, em Minas Gerais, no Km 637 da rodovia Fernão Dias (BR 381), quando foram encontrados mais de 1 tonelada da droga dentro de bolsas escondidas na meio da carga que uma carreta baú transportava.

Durante um procedimento de fiscalização no pátio de um posto de combustíveis, agentes da Polícia Rodoviária Federal lotados em Perdões, desconfiaram da situação de dois veículos com placas de Jaboatão dos Guararapes/PE, que faziam o pernoite no local. Ao realizarem a abordagem dos condutores, os policiais notaram vários desencontros e contradições nas informações repassadas por eles, surgindo uma suspeição sobre o motivo do automóvel estar fazendo a viagem junto com a carreta.

Diante da situação os policiais realizaram revista no automóvel Fiat Siena, onde nada foi localizado. Ao vistoriarem o interior do baú da carreta, que transportava luvas para procedimentos cirúrgicos, os agentes localizaram cerca de 1.120 tabletes de cocaína escondidos dentro de 34 bolsas de viagem, com peso total de aproximadamente 1.120 kg do entorpecente. Após o descobrimento da droga os dois motoristas foram detidos e confessaram estar juntos porque o automóvel fazia a escolta da carreta com intuito de informar sobre possíveis ações policiais no decorrer da viagem, que saiu do interior de Santa Catarina e iria para a Itabuna/BA.

Muitos motoristas donos de caminhões do Interior de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul têm se transformado em transportadores de cocaína para grandes traficantes, ocultando as partidas de droga no meio de cargas comuns. Esses caminhoneiros começam a adquirir mais carretas e a ostentar uma súbita riqueza em suas comunidades. Isso está sendo mais comum do que se imagina.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here