Todos

Porto Alegre tem mais de 90 mil devedores de IPVA

Já estão sendo desenvolvidas batidas diárias de forças públicas do Rio Grande do Sul em Porto Alegre, resultando no recolhimento imediato de centenas de automóveis que estavam circulando sem o pagamento do IPVA. As operações se repetem todos os dias. Por exemplo, na frente do Parque Marinha do Brasil, quase em frente ao Estádio Beira Rio. Os caminhões cegonheiros ficam estacionados na rua lateral ao estádio, para recolher os carros apreendidos. Essas operações fazem parte da campanha contra a inadimplência do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A Receita Estadual lidera as ações fiscalizatórias em Porto Alegre. Algumas cidades do interior terão barreiras simultâneas. A meta é recuperar R$ 312 milhões que deixaram de ingressar nos cofres públicos. O índice de inadimplência chega 11,04%. Na capital gaúcha, mais de 90 mil proprietários de automóveis estão com o imposto atrasado, representando R$ 60 milhões a menos nos cofres públicos (50% desse valor pertence à Prefeitura de Porto Alegre). Atualmente, da frota de 3,6 milhões, 580 mil (16,05%) seguem circulando pelas ruas com o IPVA atrasado. No fechamento do calendário do IPVA 2019, em abril, a frota inadimplente estava em 25% (inadimplência financeira era de 20%). Para 2019, a arrecadação prevista soma R$ 2,8 bilhões.
Compartilhe nas redes sociais: