BrasilNegóciosTodos

Randon tem queda de 42% no lucro do segundo trimestre

A Randon teve queda de 42% no lucro bruto do segundo trimestre de 2019, fechando o período em R$ 200,7 milhões, mostra relatório enviado ao mercado nesta quinta-feira (13). Apesar da queda, a empresa observou uma retomada em alguns segmentos. “O tráfego de veículos pesados apresentou aumento gradativo, indicando que alguns setores haviam sido menos impactados pela pandemia ou até encontrado novas oportunidades”, informou a Randon. Já a receita líquida consolidada somou R$ 932,9 milhões, redução de 28,3%. De acordo com empresa, a produção em menor escala devido às restrições estabelecidas pelo Governo para controle da disseminação da Covid-19 pesou nos números.

A Randon destacou como ponto positivo a forte demanda do setor agrícola, que tende a movimentar os negócios brasileiros também nos próximos meses, a valorização do dólar, que compensa a redução dos volumes na conversão da moeda e a recomposição de estoques de distribuidores de autopeças. O Ebitda, que mede o resultado operacional, consolidado somou R$ 153,9 milhões, redução de 24,4%. A margem Ebitda passou de 15,6% para 16,5%, alta de 0,9 ponto percentual. De acordo com a Randon, o indicativo sofreu impactos de receitas e despesas não recorrentes (R$ 69,2 milhões). (Money Times)

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here