BrasilSaúde e MedicinaTodos

Sobe para 17 o número de pessoas com coronavírus que viajaram com Bolsonaro

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, de 61 anos, teve diagnóstico positivo para o coronavírus. A notícia foi divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro, no início de entrevista coletiva para anunciar medidas de combate à propagação da doença no País. “O cuidado deve ser redobrado”, disse Bolsonaro ao anunciar que a doença atingiu mais um integrante do primeiro escalão do seu governo. O presidente concede a entrevista em uma sala de eventos do Palácio do Planalto, ao lado de outros ministros. Todos estão de máscaras.

Com Bento Albuquerque, sobe para 17 o número de pessoas do grupo que viajou com o presidente aos Estados Unidos, na semana passada, e pegaram o vírus. Mais cedo, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, anunciou também ter sido contaminado.

Ontem, Bolsonaro divulgou em suas redes sociais que um segundo teste não diagnosticou que ele tem o coronavírus. Ele já havia anunciado um primeiro negativo na sexta-feira. O primeiro caso envolvendo a comitiva presidencial que foi aos Estados Unidos foi o do secretário de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten. Ele voltou ao Brasil na madrugada da quarta-feira passada, no mesmo avião do presidente e de Augusto Heleno.

Além do ministro, outros quatro funcionários do GSI que integraram a equipe que acompanhou Bolsonaro na viagem também tiveram diagnóstico positivo para a doença. (OESP)

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here