BrasilDireitos HumanosJustiçaTodos

STF autoriza extradição de jornalista conservador mexicano que vive no Brasil há 17 anos e está preso em Porto Alegre

Vladimir Valero, 48 anos, está preso há 44 meses no Presídio Central de Porto Alegre, aguardando o desfecho do processo de extradição. Ele teve o seu nome envolvido em um esquema criminoso de tráfico de pessoas e distribuição de fotos de pornografia infantil ocorridos na Costa Rica, no ano de 2013. Ele faz oposição ao governo do México. O jornalista também é bacharel em Ciências e Humanidades e teve o pedido de extradição concedido pelo ministro Ricardo Lewandowsky, STF.

A decisão final sobre a extradição do jornalista Vladimir Valero caberá ao presidente Jair Bolsonaro. A defesa de Vladimir Valero ingressou com pedido de asilo político junto ao Ministério da Justiça por entender que o caso é, na verdade, uma perseguição política por parte do governo do México.

O Brasil entrou em sua vida no ano de 2003, quando foi convidado pelo então governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, a produzir reportagem sobre o Estado. Desde então ele não deixou mais o País. Vladimir Valero se formou como Coach na Sociedade Brasileira de Coach (SBC), em 2010, e tem um filho de 8 anos, que vive no interior do Rio Grande do Sul.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here