BrasilNegóciosTodos

Suzano apresenta prejuízo de R$ 2 bilhões no 2º trimestre

A Suzano reverteu o lucro de R$ 700 milhões apresentado no segundo trimestre do ano passado e registrou um prejuízo líquido de R$ 2 bilhões entre abril e junho de 2020. Os dados são do relatório divulgado pela companhia nesta quinta-feira (13). De acordo com a Suzano, a variação pode ser explicada pelo resultado financeiro líquido, negativo em R$ 5,6 bilhões por conta da variação cambial sobre a dívida. A receita líquida, por outro lado, teve um avanço anual de 20%, para R$ 8 bilhões. O segmento de celulose aumentou 28%, apoiado pela valorização do dólar e pelo crescimento de 25% do volume vendido. A receita de papel, que foi pressionada pela sazonalidade ruim, totalizou R$ 1 bilhão.

“No negócio de celulose, o forte volume de vendas proporcionou uma nova queda no seu nível de estoques e o bom desempenho do custo-caixa de produção, a despeito da pressão cambial, evidenciou a continuidade de ganhos estruturais de competitividade, impulsionados por sua vez pelas sinergias proporcionadas pela fusão com a Fibria. No negócio de papel, o desempenho foi favorecido pelas exportações, mas impactado por reduções históricas de demanda como reflexo da pandemia”, explicou a Suzano. O Ebitda ajustado atingiu R$ 4,1 bilhões, alta de R$ 35% em relação aos R$ 3,1 bilhões do segundo trimestre de 2019. (Money Times)

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here