MundoTodos

Trump anuncia na Casa Branca o acordo de paz entre Israel e Sudão

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que o Sudão começará a normalizar as relações com Israel, tornando-se assim o terceiro país árabe a estabelecer laços plenos com o Estado judeu nos últimos meses. Durante uma conversa telefônica com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o presidente do Conselho Soberano do Sudão, General Abdel Fattah al Burham, e o primeiro-ministro sudanês Abdalla Hamdok, Trump convidou repórteres para a Sala Oval da Casa Branca e disse que “O Estado de Israel e a República do Sudão concordaram em fazer a paz”.

Dias atrás, Trump concordou em remover o Sudão da lista de países que patrocinam o terrorismo com a condição de que pague uma indenização a cidadãos americanos mortos em uma série de ataques terroristas, um movimento que foi visto como um prelúdio para pavimentar o caminho para a normalização. das relações entre Cartum e Jerusalém.

O embaixador israelense em Washington, Ron Dermer, falou: “De 3 NÃO a 3 Sim”, e explicou: “Em 1967, o mundo árabe fez a infame declaração na capital do Sudão de não reconhecer, não negociar e não fazer a paz com Israel. Hoje, o Sudão se junta aos Emirados Árabes Unidos e Bahrein como o terceiro país árabe a fazer a paz com Israel em 2020”. Trump removeu o Sudão da lista de países que patrocinam o terrorismo após a promessa de Cartum de pagar US$ 335 milhões em compensação pelas vítimas americanas dos ataques de 1998 às embaixadas dos Estados Unidos no Quênia e na Tanzânia, perpetrados pela rede terrorista Al Qaeda, quando seu líder, o terrorista Osama bin Laden, estava abrigado no Sudão.

Compartilhe nas redes sociais:

Comment here